logo
Populate the side area with widgets, images, navigation links and whatever else comes to your mind.
18 Northumberland Avenue, London, UK
(+44) 871.075.0336
ouroffice@vangard.com
Follow us

Marcas nacionais testam o mercado chinês de franquia

A China efetivamente atrai pelos números gigantescos. São mais de 1,4 bilhão de habitantes dispostos a consumir as marcas globais e artigos de luxo, somados a uma economia que não para de crescer. São nada menos do que 5.346 redes de franquia registradas na China Chain Stores and Franchise Association, que juntas respondem por 460 mil unidades.

Os mesmos números que atraem, assustam. O mercado chinês ainda é um ambiente muito desafiador para as redes brasileiras marcarem presença com franquias físicas. As oportunidades existem, mas são poucas as marcas brasileiras que terão condições de ir. A distância geográfica, a língua, a necessidade de se associar a um grupo local são barreiras reais.

O caminho para a internacionalização das marcas brasileiras na China passa por uma mudança de mentalidade. Para os chineses não há mais on-line e off-line, o ecossistema é composto por alguns pilares: e-commerce, lojas físicas, logística e meios de pagamento. “Enquanto aqui nossa meta é atingir 80% das vendas via e-commerce, lá já tem supermercado fazendo 100% via aplicativo. É outra realidade”, afirma Carlos Sadaki, sócio da rede China in Box

Para Ricardo Bomeny, CEO do BFFC, que reúne as marcas Bob’s e KFC, redes de franquias que comercializam produtos têm uma oportunidade imensa na China, ao contrário das redes de alimentação, que teriam de operar fisicamente, ter uma boa estrutura logística, trilhando um caminho bem mais longo. “A porta de entrada é via digital, via grandes plataformas como o Tmall “, afirma.

Atualmente, 75% das marcas mais valiosas do mundo estão à venda no Tmall, marketplace do gigante chinês Alibaba. Segundo pesquisa do e-marketer, 70% dos varejistas que operam o e-commerce crossborder disseram que a operação é rentável. Muitas empresas nacionais, que carregam fortes atributos de brasilidade, já descobriram isso. Em um ano o número de marcas brasileiras no Tmall subiu de três para quinze, entre elas Grendene, Natura e Tramontina.

#fabrica3 #franquia #franchising

#expansaodenegocios #novosnegocios #china

 

 

No Comments

Post a Comment